Winter Garden é Top 10 em nova pesquisa

Cidade está entre as melhores para se viver segundo pesquisa realizada pela Money.com

Winter Garden é Top 10 em nova pesquisa

Assista o Vídeo

Apresentação

Um "jardim de inverno" no Sunshine State? É verdade - e é onde 54.371 residentes da área metropolitana de Orlando chamam de casa.

Mas não deixe que o nome o confunda: como o resto da Flórida, Winter Garden tem um clima subtropical quente e uma média de 236 dias ensolarados por ano. E, no entanto, o tempo está longe de ser o único motivo para morar aqui.

O condado teve um crescimento de 28,2% de empregos na última década e Winter Garden possui uma próspera comunidade empresarial. A renda média das famílias é de $76,269, quase $24,000 acima da média relatada para a Flórida em 2017.

Procurando algo para fazer no seu tempo livre? O Historic Downtown Winter Garden está repleto de restaurantes, lojas, cafés e dois museus. Outrora um cinema extinto, o Garden Theatre foi revitalizado pela Winter Garden Heritage Foundation em um local de artes cênicas que abriga peças de teatro, concertos e filmes. Se você quer ainda mais entretenimento, o Walt Disney World e o Universal Studios ficam a menos de 25 minutos de carro. - Olivia Raimonde

Dados de Winter Garden
  • População - 54,371
  • Renda Familiar Média - $76,269
  • Preço Médio do Imóvel - $310,402
  • Crescimento de Emprego Projetado - 10.1%
  • Tempo de Deslocamento Médio - 29 min
  • Dias Ensolarados por Ano - 236

Metodologia

Para criar a classificação dos melhores lugares para morar, analisamos [Money.com] apenas lugares com populações de 50.000 ou mais habitantes. Lugares com 300.000 ou mais pessoas foram divididos em bairros e, a partir daí, consideramos apenas bairros com população estimada entre 5.000 e 200.000 pessoas. Eliminamos qualquer lugar que tenha mais que o dobro do risco nacional de criminalidade, menos de 85% da renda mediana das famílias do estado ou falta de diversidade étnica. Isso nos deu 1.796 lugares.

Em seguida, coletamos quase 160.000 pontos de dados diferentes para restringir a lista. Foram considerados dados sobre a saúde econômica de cada local, custo de vida, diversidade étnica e econômica, educação pública, renda, saúde e segurança, facilidade de vida e comodidades, todos fornecidos pelo parceiro de pesquisa Witlytic. Damos maior importância a fatores econômicos, moradia, saúde e segurança, diversidade e custo de vida. Qualidade de vida, educação e amenidades locais também foram componentes críticos.

Por fim, os repórteres pesquisaram cada local, entrevistando moradores e procurando os tipos de fatores intangíveis que não são revelados pelas estatísticas. Para garantir um conjunto geograficamente diversificado, limitamos a lista de melhores lugares para morar a não mais de quatro locais por estado e um por município. Os estados foram representados apenas uma vez a cada 25 lugares. Os lugares que fizeram parte da lista no ano passado [2028] não foram incluídos na classificação deste ano.

As classificações foram derivadas de mais de 80 tipos separados de dados, nas seguintes categorias:

Economia - baseada na taxa de desemprego local, histórico do crescimento de empregos, crescimento projetado de empregos e nível de oportunidades de emprego disponíveis, entre outros fatores.

Custo de vida - com base na carga tributária, custos de seguro, custos de deslocamento, gastos médicos e renda ajustados pelo custo de vida.

Diversidade - com base na composição racial, integração racial e diversidade econômica na população de um lugar.

Educação - com base nos resultados dos testes de matemática e leitura e nas taxas de conclusão do ensino médio em nível local e municipal.

Habitação - com base em medidas que indicam acessibilidade, oferta e angústia, incluindo preço médio de venda de imóveis em 2018, quantidade de imóveis vendidos em 2018, índices de custo de utilidades (água, luz, etc) e custo de vida do lar, taxa de propriedades em foreclosure, entre outros fatores.

Saúde e segurança - com base no número de hospitais e clínicas, no número de profissionais de saúde mental, dentistas, médicos e clínicos gerais, risco de propriedade e crime violento e taxas de homicídio e overdose de drogas.

Comodidades - com base no número de atividades de lazer na cidade e arredores, incluindo bares, restaurantes, museus, complexos esportivos e espaços verdes.

Facilidade de viver - com base nos horários de deslocamento, clima e outros fatores.

Este post é nossa tradução livre da matéria original publicada pela Money.com, a qual você pode conferir no link mais abaixo.

Andrea Pointon

Andrea Pointon

CEO • Broker

Desde que iniciou carreira na área imobiliária, Andrea vem se especializando e adquirindo diversas certificações e especializações.